Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/03/13 às 15h28 - Atualizado em 29/10/18 às 14h41

GDF anuncia quase dois bilhões para obras em todo o DF

Recursos serão investidos em construção de avenidas e viadutos, creches, rede de esgotamento, asfalto e ciclovias

O Distrito Federal será beneficiado com investimentos de R$ 1,9 bilhão para projetos em áreas como mobilidade urbana, saneamento básico, educação e segurança pública, mobilidade urbana e saneamento básico. O governador Agnelo Queiroz, acompanhado do vice-governador, Tadeu Filippelli, dos secretários de Obras, David de Matos, da Casa Civil, Swedenberger Barbosa, e do presidente da Novacap, Nilson Martorelli, lançou, na quinta-feira (7), o programa Acelera DF.

Criado para atender demandas de infraestrutura e sociais, o programa vai destinar recursos para 184 obras. Desse total, 51 estão em fase de contratação das empresas executoras, e 56 já tiveram licitações publicadas. A meta é que as outras 77 sejam licitadas até abril deste ano. Entre os principais projetos estão novas avenidas e viadutos, creches, rede de esgotamento, asfalto e ciclovias. A maioria das obras serão executadas pela Novacap, sob a coordenação da secretaria de Obras.

“Brasília surgiu como uma cidade projetada. Após 52 anos, essa iniciativa veio para retomar esse planejamento. Vamos estimular um crescimento sustentável e descentralizado, preservando o patrimônio e gerando qualidade de vida e oportunidades para o povo”, afirmou Agnelo Queiroz. “Faremos um esforço concentrado para iniciar as obras o quanto antes”, acrescentou o governador.

O orçamento do Acelera DF é, em grande parte, do próprio GDF. As exceções são a construção das creches e da via entre os balões do Torto e do Colorado, que também contam com recursos captados em parcerias com o governo federal. “É preciso ressaltar que a seleção de todas as obras levou em conta a real necessidade. Trata-se de projetos de longo prazo, que serão um legado”, destacou o vice-governador, Tadeu Filippelli.

Integração – A realização das obras envolverá um esforço conjunto de todas as secretarias e órgãos do governo. O trabalho será coordenado pela Casa Civil do DF. De acordo com o governador, o andamento dos projetos será acompanhado de perto por ele e pelos gestores das áreas. “Nossa cidade se transformará em um verdadeiro canteiro de obras, e a situação de cada uma delas terá uma fiscalização rigorosa”, garantiu Agnelo Queiroz.

O presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), Antônio Rocha, elogiou a iniciativa. “Brasília é uma capital que tem crescido muito, assim como o setor empresarial. Sem dúvida, essas obras atenderão essa evolução”, avaliou Antônio Rocha. “O programa trará desenvolvimento social e econômico à cidade”, reforçou o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do DF, Julio Cesar Peres.

Também participaram da cerimônia de lançamento do programa Acelera DF os secretários de Planejamento, Luiz Paulo Barreto, o presidente da Câmara Legislativa, Wasny de Roure; deputados distritais; presidentes e diretores de empresas públicas, além de empresários do setor produtivo.

Confira nas tabelas abaixo mais informações sobre o programa Acelera DF:


Fase das contratações

Quantitativo de obras e investimentos

Licitações publicadas

56

R$ 1.150.699.190

Contratações em andamento

51

R$ 340.506.920

Obras para licitar

77

R$ 424.556.706

Total

184

R$ 1.915.762.817

 

 

 

Destaques do programa Acelera DF

Projeto

Descrição

Investimento

Via Marginal Torto/Colorado

Construção de uma pista suplementar, com três faixas de rolamento em cada sentido, entre os balões do Torto e do Colorado. A via reduzirá em 30 minutos o percurso da região norte ao Plano Piloto

R$ 79,7 milhões

Programa Asfalto Novo

Recuperação de vias do Plano Piloto e das regiões administrativas do DF

R$ 260 milhões

Implantação de sistemas de esgotamento sanitário

Novo sistema de saneamento básico atenderá os moradores de Nova Colina (Sobradinho), Setor de Mansões Sobradinho (1ª etapa) e Setor Habitacional São Bartolomeu, no Jardim Botânico (1ª etapa)

R$ 15 milhões

2ª etapa do Programa de Construção de Ciclovias

Serão construídas pistas no Riacho Fundo II, Park Way, Samambaia, Recanto das Emas (Núcleo Rural Águas Quentes), Lago Norte, Sobradinho, Cruzeiro/Octogonal

R$ 23,2 milhões

Construção de creches

Para essa etapa, serão 53 das 111 unidades que o governo pretende entregar até 2014

R$ 144,15 milhões

Obras no Sistema Penitenciário (criação de novas 2,6 mil vagas)

– Ampliação do Centro de Detenção Provisória (400 vagas)

– Ampliação da Penitenciária Feminina (400 vagas)

– Ampliação do Centro de Progressão Penitenciária (600 vagas)

– Construção de seis novos módulos de Centros de Detenção Provisória (1,2 mil vagas)

R$ 68,5 milhões



Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil - Governo do Distrito Federal

NOVACAP

Setor de Áreas Públicas - Lote B - CEP: 71.215-000 Telefone: 3403-2300