Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/03/12 às 17h41 - Atualizado em 29/10/18 às 14h42

Homenagem às mulheres do Estádio Nacional

A primeira-dama do Distrito Federal, Ilza Queiroz, participou nesta quinta-feira (8) das homenagens às trabalhadoras do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha pelo Dia Internacional da Mulher. A diretora de Obras Especiais da Novacap, Maruska Lima, também esteve na ocasião.
 
Durante o encontro, Ilza Queiroz aproveitou sua experiência como médica ginecologista para mostrar às mulheres como manter a saúde em dia apesar da jornada tripla de dona-de-casa,profissional e mãe. “Não podemos nos esquecer que a mulher é responsável pela saúde também da família. Ela é quem vai às compras e escolhe os melhores alimentos para colocar à mesa. E se cuidarmos da nossa alimentação, poderemos garantir uma vida mais saudável para todos”, argumentou.
 
A primeira-dama falou ainda sobre a importância de as mulheres realizarem exames periódicos para evitar doenças como câncer do colo de útero e de mama, por exemplo, ressaltou a necessidade de realizar o pré-natal durante a gestação e, o mais importante, de prevenir as doenças em vez de remediá-las.“Mantendo a autoestima elevada já é possível eliminar doenças oportunistas.Conseguimos ter mais qualidade de vida quando estamos felizes, fazendo o que realmente gostamos e dando tempo para o lazer”, complementou.
 
Ao final, ela elogiou o evento e disse que o Dia Internacional da Mulher deve ser amplamente comemorado para destacar a capacidade das mulheres. “Não precisamos de força física, pois temos condições individuais de trabalhar em todos os setores. E nos tornamos profissionais sem esquecer nossas funções anteriores. Pelo contrário: nós agregamos o papel de trabalhadora e dona-de-casa com muita competência”, acrescentou Ilza Queiroz.
 
Maruska Lima apresentou números sobre a presença das mulheres na construção civil. Em dez anos, houve um aumento de 65% na participação delas em obras em todo o Brasil, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). “Nós vemos essa mudança aqui na construção do Estádio Nacional, que emprega 105 mulheres em um universo de 3,2 mil trabalhadores. A proporção pode ser pequena, mas não deixa de surpreender”,afirmou.
 
Para encerrar o encontro, foi exibido um vídeo emocionante com depoimentos dos operários da arena ressaltando as qualidades das mulheres para o bom andamento das obras.
 
Mulheres no campo – Antes da homenagem, houve o sorteio das equipes para a Copa Solidária, campeonato de futebol entre os operários, previsto para 17 de março. Devido à grande procura das mulheres, foi criado um torneio feminino dentro do campeonato, com 60 inscritas divididas em quatro equipes.
 
Funcionária da área de limpeza e organização do setor 4 do Estádio Nacional, Ayllen Vieira da Silva, 32 anos, espera ansiosamente pela ocasião. Ela aproveitará os momentos em campo para relembrar o período em que foi jogadora de futebol na Bahia, no início da década de 1990. “Cheguei a atuar na zaga e no meio-de-campo pelo Esporte Clube Bahia. Vou me empenhar muito nos jogos, assim como já faço no trabalho aqui no estádio”, disse Ayllen.


Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil - Governo do Distrito Federal

NOVACAP

Setor de Áreas Públicas - Lote B - CEP: 71.215-000 Telefone: 3403-2300