Governo do Distrito Federal
21/09/17 às 18h22 - Atualizado em 3/11/22 às 14h59

Limitado é o preconceito

COMPARTILHAR

No dia 21 de setembro é comemorado o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, uma data que estimula o reconhecimento dos direitos e a inclusão de pessoas que possuem algum tipo de deficiência física, mental, visual e/ou auditiva. Com 148 funcionários portadores de necessidades especiais, sendo 29 mulheres e 119 homens, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) se tornou exemplo de inclusão e acessibilidade.

No último ano, a Novacap realizou obras internas que visam a melhoria da acessibilidade e da mobilidade dos funcionários portadores de necessidades especiais, dentre elas está a implantação de vagas destinadas a pessoas com deficiência nos estacionamento da Diretoria Administrativa (DA) e a reestruturação do auditório do DRH.

jose-antonio 2“Trabalho na Novacap desde 1998 e acredito que nós – pessoas portadoras de necessidades especiais – somos bem acolhidos e respeitados pela empresa. O estacionamento, por exemplo, me ajudou muito, agora tenho uma maior facilidade de locomoção até meu ambiente de trabalho”, afirma José Antônio (foto), auxiliar administrativo da Assessoria de Informática (Asinf).

Aprovado no concurso de 1998 através das cotas destinadas às pessoas com algum tipo de deficiência, Jeovah Costa dos Santos exerce a função de Assistente Administrativo na Diretoria de Edificações (DE) da Novacap. Vítima da poliomielite – uma inflamação da substância cinza da medula espinhal – Jeovah foi diagnosticado com mobilidade reduzida ainda bebê, o que não interferiu na sua independência. “Apesar de ter minha mobilidade reduzida não me considero uma pessoa limitada. Sempre estudei, trabalhei e continuo buscando atividades que agreguem ao meu conhecimento. Dificuldades existem, mas ninguém é perfeito”.

O auxiliar de serviços gerais do Viveiro I, Genival Ribeiro, é um grande exemplo de superação. Há 26 anos, convive com a deficiência visual o que não impede de ser um funcionário ativo e de bem com a vida. “Quando descobri que não iria mais enxergar fiquei muito triste, claro, mas com o tempo nos adaptamos e o trabalho acabou se tonando a minha terapia. As pessoas às vezes pensam que por eu não enxergar não posso trabalhar, sou uma pessoa limitada, mas mal sabem elas que limitado mesmo é esse preconceito que elas têm”, pontua. 

Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil - Governo do Distrito Federal

NOVACAP

Setor de Áreas Públicas - Lote B - CEP: 71.215-000 Telefone: 3403-2300