Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/09/21 às 14h30 - Atualizado em 14/09/21 às 14h30

Mais 2,5 mil aprendizes vão ajudar a reformar seis regiões administrativas

Mais qualificação profissional, inclusão no mercado de trabalho e, de quebra, a reforma de equipamentos públicos. O ciclo produtivo promovido pelo programa Renova-DF ganha mais um capítulo nesta sexta-feira (10) com a formatura de cerca 800 alunos, que atuaram na recuperação de praças, parques, calçadas, quadras poliesportivas, estacionamentos e outros espaços em Ceilândia e Samambaia.

 

A primeira turma do Renova-DF recebeu os certificados do programa no Ginásio do Sesi, em Taguatinga, das mãos do governador Ibaneis Rocha, que anunciou na ocasião o ingresso de mais 2,5 mil novos aprendizes.

 

Foram pouco mais de três meses de ensinamento e execução de serviços em espaços públicos. Nesse período, o programa recuperou 92 equipamentos, desde parquinhos infantis até o estádio Rorizão, em Samambaia, além da movimentada Feira Central de Ceilândia.

 

O governador Ibaneis Rocha exaltou o objetivo do programa, que ganha destaque ao capacitar profissionais, facilitar o ingresso no mercado de trabalho e, ao mesmo tempo, reformar espaços públicos | Foto: Renato Alves / Agência Brasília

 

Além dos formandos – entre brasileiros e estrangeiros -, a Secretaria de Trabalho vai convocar mais 2,5 mil alunos até o fim do ano. As novas turmas serão distribuídas em seis cidades. Ceilândia, novamente, terá a oportunidade de contar com o “exercício prático” dos aprendizes do Renova-DF. Outras duas regiões administrativas também já estão definidas: São Sebastião e Arniqueira. As outras serão divulgadas posteriormente.

 

Durante a cerimônia de certificação, o governador Ibaneis Rocha exaltou o objetivo do programa, que ganha destaque ao capacitar profissionais, facilitar o ingresso no mercado de trabalho e, ao mesmo tempo, reformar espaços públicos.

 

“Não adianta fazer programa de inserção profissional se não tiver visão de futuro. Estamos em um momento de retomada da nossa economia e é o setor da construção civil que vai contratar os alunos que fizeram parte do programa”, avaliou. “Esse programa é um programa duradouro e fecha todas as pontas. Traz o lado social, do emprego e da formação profissional, que é eterna. Ninguém tira mais isso de vocês”, acrescentou Ibaneis, ao mencionar também que muitas mulheres foram capacitadas em atividades majoritariamente exercidas por homens.

 

Para o secretário do Trabalho, Thales Mendes, o Renova-DF além de embelezar as cidades, é um projeto social. “Ele é uma transformação de vidas, capacita pessoas e já temos empresas que querem contratar esses alunos, dando continuidade ao projeto e movimentando o mercado de trabalho, que tem a demanda por esses profissionais”.

 

Uma das formandas na primeira turma do programa é Nathália Souza, de 27 anos, que recebeu o certificado em jardinagem, comemorou: “Vi a oportunidade. Tinha várias categorias, e uma delas era jardinagem. Um curso maravilhoso, aprendi bastante coisa. Saio com uma profissão nova e acredito que vai abrir muitas oportunidades, inclusive atividades em casa”.

 

Sobre o Renova-DF

 

 

Capacitar profissionais, facilitar o ingresso no mercado de trabalho e reformar espaços públicos são alguns dos objetivos do programa Renova-DF. Os participantes recebem salário mínimo, além de auxílio-transporte e seguro contra acidentes pessoais.

 

Os alunos devem ter frequência e aproveitamento igual ou acima de 80% para receber os auxílios e o certificado de conclusão de curso. Os que ficarem acima desse percentual poderão participar, gratuitamente, de qualquer outra formação oferecida pelo Senai-DF. Alunos analfabetos terão curso de alfabetização sem custos.

 

Os estudantes já foram selecionados e entregaram toda a documentação, portanto não há como se inscrever mais no Renova-DF. Participam pessoas com mais de 18 anos, moradores do DF, em situação de desemprego e natas, naturalizadas ou estrangeiras em situação regular no país.

 

A mão de obra qualificada pelo Renova-DF já tem colhido frutos no mercado de trabalho. A H2F Engenharia, empresa de manutenção predial, sinalizou a contratação de 20 profissionais entre os formandos do programa. “Como o governador Ibaneis Rocha falou, no pós-pandemia é o setor de construção civil que vai alavancar a economia. E o Renova-DF tem o que precisamos, que são pessoas capacitadas para atuar nas manutenções que fazemos”, explica o diretor de Engenharia da empresa, Fernando Marquês Teodoro.

 

Renova-DF capacita trabalhadores desempregados

 

Renova-DF é uma parceria entre as secretarias de Trabalho, Governo e Transporte e Mobilidade, Novacap; companhias de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) e Energética de Brasília (CEB), Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF).

 

A Câmara Legislativa (CLDF) também colaborou com o programa liberando R$ 15 milhões de recursos da Casa. Na formatura em Taguatinga, estiveram presentes o presidente da CLDF, deputado Rafael Prudente, e os distritais Robério Negreiros e Jorge Vianna.

 

Além do programa, o governo oferece qualificação e capacitação em vários órgãos. Entre 2019 e 2020 e no primeiro semestre de 2021, mais de 28 mil pessoas participaram de cursos presenciais e virtuais oferecidos gratuitamente para as mais diversas áreas.

 

Texto: Ian Ferraz, Agência Brasília I Edição: Carolina Jardon

Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil - Governo do Distrito Federal

NOVACAP

Setor de Áreas Públicas - Lote B - CEP: 71.215-000 Telefone: 3403-2300