Governo do Distrito Federal
6/11/17 às 21h04 - Atualizado em 3/11/22 às 14h59

Novacap democratiza licitações e consegue preços menores para serviços prestados

COMPARTILHAR

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil tem conseguido melhores preços em suas licitações permitindo com regras que permitem que mais empresas participem  dos certames. Os índices de deságio nas licitações chegam a 30%. Nos últimos três anos, foram mais de 300 certames promovidos em sua maioria pregão eletrônicos, que  deste total, soma 221 ao longo do período. 

“Estamos para realizar agora a licitação de manutenção de áreas verdes. O pregão deve acontecer nesta segunda-feira, e novamente (tenho certeza) vamos alcançar bons resultados, com um bom deságio”, acredita Júlio Menegotto, diretor-presidente da Novacap. 

A Companhia adotou algumas mudanças nas suas licitações e com isso permitiu o acesso de mais empresas às concorrências. “As licitações são divididas em lotes. Com isso, pequenas empresas que antes não tinham acesso, estão concorrendo”, explicou Júlio. 

Outra medida da Companhia foi diminuir o número de cartas convite. Em 2013 e 2014, foram 68 cartas convite. Desde 2015, este número vem sendo reduzido para dois (2015), cinco em 2016  e apenas um este ano. “Nosso foco é abrir para mais empresas participarem e ampliar o leque, democratizando o acesso para pequenas empresas, inclusive”, disse Júlio. 

O caso da manutenção de áreas verdes é um exemplo desta nova postura da empresa. O pregão eletrônico, com valor estimado em R$ 128 milhões, foi dividido em dez lotes. Cada um direcionado a uma determinada região do Distrito Federal e com valores distintos. 

O de menor valor, lote 07, por exemplo, de R$ 6 milhões, refere-se à Candangolândia, Riacho Fundo I, Núcleo Bandeirante e Park Way. O de maior valor, de R$ 24 milhões, cuidará do Cruzeiro/Sudoeste, octogonal e Asa Sul. 

Com a fragmentação em lotes, mais empresa podem participar, maior a concorrência e menor fica o valor vencedor. “É a lei da concorrência: quanto mais empresas participam, maior é a disputa, menor é o preço”, comemora Júlio. 

Entre as licitações realizadas pela Novacap e que tiveram deságios significativos para os cofres públicos está a  Execução, implantação interna e externa do estacionamento e águas pluviais do hospital da Criança, orçado em R$ 9 milhões e contratado por R$ 6 milhões, sofreu um deságio de 32%. Dois outros exemplos são a Pavimentação asfáltica em Taguatinga e Ceilândia, inicialmente orçada em R$ 5,3 milhões, terminou sendo licitada em R$ 3,8 milhões, com um desconto de 27%; e a execução de calçadas na Asa Sul, orçada em R$ 1,9 milhão, contratada por R$ 1,2 milhão, com deságio de 32%. 

“Em cada licitação bem realizada, os recursos economizados com o desconto alcançado podem ser direcionados para outras ações de grande relevância para a manutenção e cuidado com as áreas públicas”, comemora Júlio. 

A Novacap realizou na manhã desta segunda-feira (dia 6/11) a licitação para manutenção de áreas verdes (podas de árvores). A licitação foi dividida em dez lotes referentes as Administrações Regionais. O valor previsto para a licitação era de R$ 128.548.060,86, mas houve um deságio médio de 56,46% oferecidos pelas empresas em todos os lotes, e a licitação saiu por R$ 55.976.000,00. A empresa do Lote 1, por exemplo, ofereceu um desconto de 75,38% no valor inicial proposto. 

A Novacap aguarda a formalização das empresas com os descontos para serem adjudicadas. Depois a documentação vai ser analisada pela área técnica para ser julgada, publicada e homologada.

Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil - Governo do Distrito Federal

NOVACAP

Setor de Áreas Públicas - Lote B - CEP: 71.215-000 Telefone: 3403-2300